O "Personagem" desse mês.

Um HQ sobre a Segunda Guerra

A Festa Alemã do Borboleta

Mais um belo trabalho musical de Otto

POSTADO PELO GIBRA NO DIA 20/09/2017 ás 07:09

Marcos Guilhon

Marcos Guilhon é ator formado pela Casa das Artes de Laranjeiras (CAL), no Rio de Janeiro, desde 2004. Em 2002, decidiu fazer as malas e partir para o Rio de Janeiro para fazer aquilo que sempre foi sua paixão, atuar. Seu último espetáculo foi “O Gigante egoísta” da Artesanal Cia de Teatro, Cia em que faz parte desde 2010. Na televisão, Marcos Guilhon participou de alguns trabalhos na TV Globo, como na novela Rock Story, Babilônia, e nos programas Zorra Total, As aventuras do Didi e Clandestinos. Na Rede Record participou da novela “Luz do Sol” em 2007. Mais recentemente, Guilhon integrou o elenco da minissérie “Nada será como antes”, da TV Globo.

Foto 2 (book)foto Marcos Guilhon: Divulgação

Além de ator, também é produtor formado no Rio de Janeiro e professor de teatro e de interpretação pra TV e cinema. Há um ano e meio reside em Juiz de Fora novamente. “Com o passar do tempo, comecei a sentir muita vontade de retornar as minhas origens. Hoje em dia, quando aparece algum trabalho bacana, vou ao Rio, trabalho e volto. Tenho muitos projetos que pretendo realizar aqui na terrinha. Estou tendo sorte de encontrar e reencontrar pessoas do meio artístico da cidade incríveis e talentosas. Tenho certeza que muita coisa boa ainda vem por aí.”

Segue aí um bate papo com o ator…

O Gibra: Porque você optou pelo teatro?

Marcos Guilhon: Digamos que eu não tinha outra opção, rs. O teatro sempre foi presente em minha vida. Comecei a fazer teatro aos nove anos, sempre foi minha paixão.Quando terminei o segundo grau cheguei a começar outras duas faculdades mas não teve jeito, o que eu realmente queria fazer era teatro. Costumo dizer que o teatro salva e ele me salvou!

O Gibra: Se mudar para o Rio de Janeiro fez alguma diferença significativa para o seu trabalho como ator?

Marcos Guilhon: Com toda certeza! Porque no Rio tive a oportunidade de fazer um excelente curso que é a CAL, Casa das Artes de Laranjeiras, onde conheci pessoas incríveis, profissionais da área que me ensinaram muito e fiz amigos pra vida toda!  Além disso, trabalhei em alguns grupos onde também aprendi muito. O Rio tem muitas opções pra quem gosta de teatro. Assisti muita coisa boa por lá, e ruim também, rs. Acho que o ator precisa assistir a tudo. Tinham semanas que eu assistia de três a quatro peças. Sinto falta desse leque de opções.

O Gibra: Você acha que a TV é algo possível para atores que estão fora da cidade maravilhosa?

Marcos Guilhon: Acho que sim mas não é fácil. A TV é um segmento muito fechado. Geralmente se entra quando tem algum contato lá dentro. Pode acontecer também de algum produtor de elenco ver algum trabalho seu no teatro e convidar para algum teste. Além disso existe a possibilidade de fazer o cadastro. A TV trabalha muito com perfil mas é mais fácil contratar alguém que esteja lá do lado do que alguém de fora apesar de que quando eles cismam com alguém eles fazem o que for preciso pra ter esse alguém lá.

O Gibra: Porque a escolha de retornar para Juiz de Fora?

Marcos Guilhon: Foram quatorze anos morando no Rio. Com o tempo confesso que a cidade foi perdendo o encanto pra mim. O Rio de Janeiro é lindo mas é muito violento, caro, e faz muito calor! Não aguentava mais aquele calorão, rsrsrs. Além disso sou muito apegado a minha família que mora aqui, gosto do mato, da terra. Percebi que podia fazer teatro aqui. Tenho amigos queridos do meio aqui, temos projetos juntos. Espero conseguir realizar cada vez mais, trazer mais arte para o povo dessa cidade que tenho um carinho enorme.

O Gibra: Com você acha que anda o teatro na cidade?

Marcos Guilhon: Acho que tem um movimento bacana de teatro na cidade. Vejo alguns novos grupos se formando, com uma galera jovem e talentosa. Tem alguns espaços muito interessantes também. Fico admirado com a força de vontade dessa turma em fazer teatro em tempos tão difíceis. Quem é do teatro sabe que não podemos deixar ele morrer nunca, é o ar que a gente respira. Fico extremamente feliz em ver esse movimento.

o-gibra-indica-azul-correto

  • atuar
  • Cinema
  • impresso
  • Juiz de Fora
  • O Gibra indica
  • Personagem
  • revista
  • Teatro
  • tv

POSTADO PELO GIBRA NO DIA 19/09/2017 ás 17:09

Henrique passos indica um HQ

Henrique Passos é um Bartender que cria altos drinks maneiros na cidade e sempre estimula a cultura da drinkeria por onde vai. E é claro que ele também indica! Então segue uma boa aí pra vcs:

21035060_1908679219146569_253940223_ofoto Henrique: divulgação

Uma Grafic novel de Art Spiegelman, que levou o autor a ganhar o premio Pulitzer, deixando claro que foi a única a ganhar. Um livro fantástico que conta uma história de um pai judeu contando para o filho como foram seus dias na Segunda Guerra. No incrível simbolismo dos personagens, os judeus são ratos, nazistas são gatos, poloneses são porcos e americanos são cachorros, e mesmo usando animais que nos remete a coisas infantis, o clima da HQ e bem pesado e triste. A historia que se passa é real, foi tudo descrito pelo pai do escritor para ele, assim podemos escrever essa grafic novel. Acho que nos dias que estamos passando hoje em dia é uma forma clara de ver como foi triste essa época.

916IgqQ-54L

O melhor preço para você comprar esse livro vai ser na Amazon. Se te interessou CLIQUE AQUI e saiba mais sobre o livro.

o-gibra-indica-azul-correto

  • dicas
  • hq
  • Juiz de Fora
  • O Gibra indica
  • segunda guerra