Mais uma do Ponto de Partida

Evento para todos os públicos

Concebido por Acaso na Terra

e tem feira em dezembro com muuuuita coisa

POSTADO PELO GIBRA NO DIA 06/12/2017 ás 15:12

Blend 87 lança em Juiz de Fora o primeiro cd da banda

Pra começar eu te digo que se você não conhece o som da Blend 87 você está perdendo tempo e principalmente a possibilidade de ouvir um novo som de primeira linha. Galera foda com um trabalho musical alegre, redondo e diferenciado. “Concebido por acaso na terra” é o nome do primeiro disco que será lançado pela banda, que após cinco anos de estrada traz uma belezura pra gente ouvir. O disco foi contemplado pela Lei Murilo Mendes de Incentivo à Cultura de Juiz de Fora e é todo com composições autorais. Uma coisa eu garanto: cada música vale a pena!

https://www.facebook.com/

O álbum tem 11 faixas com ritmos muito envolventes e tem Nando Costa na produção musical. O Nando é fera demais e tem um gosto muito refinado. Isso faz muita diferença… muuuita diferença! Com sonoridade única a Blend 87 gravou o álbum no Estúdio Versão Acústica, no alto das montanhas mineiras, em São João Nepomuceno, e ainda contou com a participação especial do cantor e produtor Emmerson Nogueira, na canção “Possibilidade”.

Blend! O próprio nome já diz sobre a banda e isso sem dúvida reflete na sonoridade do álbum (eu to aqui escrevendo e ouvindo o disco novamente, lógico! rsrsrs). É MPB, groove, jazz, rock e mais o que couber no meio dessa galera que é fruto do fervor criativo da atual cena musical de Juiz de Fora. Só tem músico fera: a Bruna Marlière canta que é uma beleza; Nathan Itaborahy e Douglas Poerner seguram lindamente ali na “cozinha” com a batera e o baixo, respectivamente; Renato da Lapa que faz uns violões e umas guitarras lindas e o Vinicius Steinbach mandando bem demais no teclado também.

Faz o seguinte: ouve o disco que vou colocar aqui embaixo e mais abaixo veja o clipe. Garaaaanto que vocês vão gostar. E vá ao show de lançamento, né! Vai rolar no Museu Ferroviário, dia 09/12, às 16h. O show acontecerá dentro do evento Mercado Aberto (ainda rola uma comprinha de Natal \o/ \o/ \o/). #ogibraindica

o-gibra-indica-azul-correto

  • album
  • blend
  • dica
  • indica
  • Juiz de Fora
  • mpb
  • musica
  • música independente
  • O Gibra

POSTADO PELO GIBRA NO DIA 01/12/2017 ás 10:12

O Vinil ainda Vive

Estamos em meio a adaptações constantes entre o analógico e o digital, o impresso e as mídias sociais, o teatro e os vídeos para internet, o vinil e as plataformas de música e o que tenho percebido é que o analógico, o impresso, o teatro e o vinil estão com muito mais valor nessa “era digital”. Isso porque é nesse universo sinestésico, sensorial, quente e vivo que a gente se encontra de verdade, observa de verdade, sente de verdade, ouve de verdade e está ali presente… de verdade. Do impresso eu nem preciso dizer, né? Se você está lendo aqui agora é porque concorda comigo, espero! rsrs. O teatro se tornou mais do que necessário porque é nele que a gente assiste algo completamente imerso, sem instagram, whatsapp e facebook abertos. Teeeeem que desligar o celular para assistir!

066.foto: Vitor

Aí a gente chega no vinil… aquele bolachão que muita gente achou que acabaria diante do CD e principalmente depois das plataformas online. Mas o fato é que a cada ano que passa a produção e a venda dos vinis aumentam mais e mais, os grandes artistas do Brasil e do mundo lançam seus trabalhos na web e em vinil, e o mercado cresce verticalmente. Pois é, quem se arriscou em dizer que os vinis virariam relíquias da história, cultuados apenas por saudosistas retrógrados, se surpreendeu bastante!
Em Juiz de Fora e pelo país inteiro os DJ’s mostram que os bolachões e os compactos são as melhores opções na hora de animar uma festa ou colocar um ambiente com aquele som diferenciado. Por aqui temos vários exemplos de profissionais que não dispensam suas maletas e pickup’s e colocam os discos pra rodar sempre. Entre eles estão Pedro Paiva, que por aqui comanda o Vinil é Arte junto com o Tuta, tem Marcelo Castro, Kureb, Gramboy, Snup-in, Bruno Tuler, Fofão, Tonil Braz e tantos outros que colocam a galera para balançar o esqueleto. Aproveitando a deixa, no dia 10 de dezembro vai rolar a Primeira Feira de Discos de Juiz de Fora. Um evento voltado para amantes da boa música, produtores, Dj’s, músicos e curiosos. O evento contará com uma grande diversidade musical, vários discos, exposição de aparelhos antigos, exposição fotográfica e muito mais. Começa ao meio dia no Museu Ferroviário e é só chegar! #ogibraindica #culturadovinil #quemseguiaseliberta

capadezembro

o-gibra-indica-azul-correto

  • aparelho
  • bolachão
  • dica
  • Disco
  • dj
  • feira
  • Juiz de Fora
  • MG
  • mpb
  • musica
  • vinil